quinta-feira, 30 de junho de 2011

FADINHA (de ValériaC)

FADINHA

Menina

faceira

ladina,

arteira.

Gosta de brincar...

no faz de conta

é fadinha

e como se fosse magia

vai se esconder

pra alguém a encontrar...

Sente o vento

no rosto bater,

no lago vai nadar,

livre vive a correr..

na mata sente o sol

sua pele a aquecer..

e como encanto

vai fazendo do seus dias

pura alegria de viver...


ValériaC


NOTA: Este poema é do gênero infantil, justamente com o propósito de que nos lembremos de nossa criança interior. Fui uma menina bem arteira, que brincava livre, leve e com o passar dos anos vejo que a trago assim comigo e isso me faz muito bem.

Fica o convite para que vocês pensem nas suas crianças interiores e as resgatem, deixa-as felizes, permitam-se ser vocês mesmos e sejam muito felizes no aqui e no agora. Beijinhos...

Imagem: http://images.google.com.br

domingo, 26 de junho de 2011

QUISERA (de ValériaC)

QUISERA

Quisera poder sentir

suas mãos,

meu rosto tocar...

Ouvir sua voz,

sua boca

ao meu ouvido,

todo amor

que sentes por mim,

declamar...

no encontro

de nossos olhos

todo seu carinho

encontrar...

Mas tudo

o que tenho

agora

é este desejo,

como uma quimera,

um doce devaneio,

que quisera

tornar real...

deixar o sonho

evaporar

e nessa fumaça

ver-te surgir

e em seu abraço

me aconchegar...

Não estas aqui,

fisicamente,

mas, mais em mim

do que nunca...

estas em meu coração,

em meus pensamentos,

a cada respiração,

dono absoluto

dos meus sentimentos...


ValériaC


Imagem: http://images.google.com.br

domingo, 19 de junho de 2011

SEMENTES... (de ValériaC)

SEMENTES...

Sou... viajante

do tempo,

aventureira

do espaço

Nesta vida,

neste instante,

sou humana,

sou Terrestre

mas minha essência,

assim como a de todos,

vai além...

tem tantas vivencias

encobertas

pelo véu da inconsciência...

Mas a alma sabe,

mesmo sem se lembrar

que somos partículas

do Criador de tudo,

frutos da sabedoria

e infinito amor

lançados à vida,

convidados

a gerar expansão

da consciência...

a sermos sementes

de Luz

Paz e Amor...


ValériaC


Imagem: http://images.google.com.br

quinta-feira, 16 de junho de 2011

TODO O SEMPRE (de ValériaC)

TODO O SEMPRE


Olho o céu...

a luz da Lua

ilumina-me...

traz doces reflexos

pela noite

e uma vontade

de flutuar invade-me,

convida-me a passear

pelas nuvens,

por entre elas brincar...

voar por jardins,

montanhas

e mares sem fim...

sentir o perfume

extasiante da natureza,

que te traz junto a mim...

E na infinitude do espaço,

por entre a sintonia

de desejos e sonhos

que nos liga,

sei que vou encontrar-te,

contigo bailar

a valsa dos amantes,

neste infindável

tapete de estrelas...

E em nossa união celeste

vamos viver

a plenitude do nosso amor

para todo o sempre...


ValériaC


Imagem: http://images.google.com.br

domingo, 12 de junho de 2011

OUTRA VEZ, ESTAR... (de ValériaC)

OUTRA VEZ, ESTAR...


Sinto-te como que a me tocar...

enquanto ouço esta canção,

trago-te a mim,

deixo o pensamento voar...

emoção sem fim,

saudade paira no ar...

corpo arrepia,

coração a disparar...

o devaneio se faz fantasia,

leva-me a te imaginar...

sinto o seu cheiro

pela cama, pela sala de estar,

na minha boca, o sabor

da sua boca

que a horas atrás

o meu corpo todo

esteve a beijar...

E vou viajando,

sonhando

sem querer acordar

e ao mesmo tempo

querendo contigo

de verdade, outra vez, estar...


ValériaC


Imagem: http://images.google.com.br

quinta-feira, 9 de junho de 2011

FELICIDADE (de ValériaC)

FELICIDADE

F elicidade é:

E ncontrar o meu amor para amar...

Levar a vida com leveza...

I nventar mil maneiras de te beijar...

Correr para os seus braços...

I r contigo pra qualquer lugar...

D ormir e sonhar...

Acordar juntinhos

D ar todo carinho que

E u quero te dar...


ValériaC


Imagem: http://images.google.com.br

segunda-feira, 6 de junho de 2011

DEVANEIOS (de ValériaC)

DEVANEIOS


Perco-me em devaneios,

desenho-te na imaginação,

sua imagem fixa na retina,

trago-te no coração...

E neste instante de solitude,

quando longe estas,

quero sair voando,

procurando por ti,

esteja onde for...

sair da fantasia

e juntar

meu ser ao seu,

minha pele à sua,

na fusão

de um abraço,

na infinitude

da chama do amor

que em sua plenitude

suavemente nos consome...

ValériaC


Imagem: http://images.google.com.br

quarta-feira, 1 de junho de 2011

NOSSO LAR... ( de ValériaC)

NOSSO LAR...


Doce é o nosso lar...

O mais belo cantinho,

nosso ninho, um paraíso

onde meigos passarinhos

fazem festa ao voar...

Onde há tanta flor,

tanto perfume, o mais belo luar,

e a mais luminosa aurora

a nos despertar...

Onde nos extasiamos

abraçados a escutar

a água do riacho,

que corre mansa

como que nossas almas, a lavar...

A natureza encanta,

plena de beleza,

perfeição...

É nosso refúgio,

nosso santuário,

onde juntos vivemos

instantes infindos

de ternura, carícias,

cumplicidade,

aconchego, delícias,

serenidade...

é o templo

do nosso amor... pela eternidade...


ValériaC


Imagem: http://images.google.com.br

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails