segunda-feira, 18 de junho de 2012

ESPEREI... (de ValériaC)


Imagem: Google 

ESPEREI... (de ValériaC)


Ah! Por quanto tempo te esperei...
Esperei pelo teu olhar
ternamente a me fitar,
como a ultima, única para ti...
Pelo teu sorriso,
feliz comigo e contigo...
Pelo teu beijo,
trazendo o sabor
da paixão, do desejo...
Esperei que suas palavras
se tornassem docemente
uma declaração de amor...
Esperei pelo momento
do encontro,
mas só o desencontro restou...
O momento foi perdido,
o sentimento  não aconteceu,
deixou meu coração combalido,
 envolto na  sepulcral
bruma do teu silêncio,
 prostrou-se perdido,
diante do teu adeus,  sem palavras......
Saiu da minha vida
como poeira que o vento leva,
que a chuva lava...
Por tanto tempo chorei
 pelo beijo não dado,
pelos teus braços fortes,
que não enlaçaram meu corpo,
pelo toque a excitar que não houve,
pelo amor que não foi feito...
Te quis como a mais ninguém
mas tudo de fantasia não passou...
Sonhei contigo, por tanto tempo...
 sonho este que foi quebrantado,
nenhum do dois teve coragem,
acreditou na possibilidade
deste sonho ser muito além de miragem...
E depois de tantas águas rolarem
nos rios do meu coração
sem alcançar o teu mar,
pedi ao céu para esse amor evaporar,
tornar-se nuvem e  vez ou outra
no chão em gotas,  desaguar...
Então, cada vez que do céu
a chuva mansa cair,
saiba que é um pouco
do amor que por ti senti
e se me permitir,
a tua pele vai tocar
e quem sabe vai te fazer
de alguma forma, de mim, se lembrar...



ValériaC (em 05/06/12)


*Este poema é somente uma inspiração poética, retrata algo que no cotidiano muito vemos acontecer, do amor que muitas vezes se perde, a paixão que não tem coragem de ir além, por medo, insegurança, quando o crer no impossível fala mais alto e nada pode acontecer, se não cremos de fato que é possível de acontecer.

35 comentários:

Rô... disse...

oi Va,

e é lindo...
você é realmente especial...

beijinhos

Vivian disse...

Bom dia,Valéria!!

Tem tantos que não acreditam...que não esperam a paixão virar amor...e às vezes, era apenas ilusão...
Mas são estes desenganos que nos mostram o caminho certo...e acabamos por reconhecer,quando o amor verdadeiro está na nossa frente!!
Belíssima inspiração,minha amiga!!!
Beijos!Ótima semana!!
Até segunda!

Élys disse...

Um, poema triste, mas de uma beleza que toca o coração.
Muitas vezes se crê no impossível, mas será que existe mesmo o impossível?...

Grato pelo seu comentário no meu blog, suas lágrimas tocaram a minha sensibilidade.

Valéria, minha amiga querida.
Que a sua semana seja muito linda.
Beijos.
Élys.

http://claudiaymarques.wordpress.com/ disse...

oiii estive tão ausente..tava doente..laberintite já ouviu falar? fiquei mais tonta do que já sou..rs..mas to melhor..vim te ver...que linda poesia amiga...devemos viver o amor com intensidade..ter coragem de confessar sentimentos..muitos beijos..titi

Silenciosamente ouvindo... disse...

Sim amiga isso na vida real é muito
frequente. Nada é certo, tudo pode
mudar de um momento para o outro
e tudo o que se viveu é como se
não tivesse existido.
Gostei muito.
Beijinhos.
Irene

Maria José Rezende disse...

Olá amiga Valéria. Você escreve de forma emocionante. Beijos.

Tatiane Salles. disse...

Uma da únicas que faz com que o triste se torne emocionante, de uma maneira... Boa! Parabéns, querida! =]

Te desejo uma ótima tarde de segunda-feira, uma excelente e abençoada semana.
Um grande abraço.
Tati.

http://tatian-esalles.blogspot.com.br/

Att.

✿ chica disse...

Lindíssimo e tocante poema.Bela inspiração,Valéria!! beijos,tudo de bom,chica

Tunin disse...

A timidez muitas vezes faz o amor calar.
O poema é muito bonito e sensível.
Abração, querida!

ELAINE disse...

Val querida! Muito obrigada pelo carinho e pelas tuas palavras, sempre tão amigas, lá no blog.... Linda e intensa, tua poesia, indo ao fundo e voltando, renascendo mais uma vez....
Um abençoado início de semana!
Abraço fraterno e carinhoso!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

ZilMar disse...

um poema lindo...e como vc disse...acontece por medo ou covardia por alguma das partes...é triste mas verdadeiro...

adorei!

boa semana querida de sempre!


Zil

Luis Perdigao disse...

Minha querida docinho, é tão grande o carinho que tenho por este teu cantinho que vou entrando pelo o outro e procurar onde está este.
É de doidos não é?
Mas que fazer, hoje entrei pela amiga Semarys e vindo devagarzinho cá vim dar com mais uma linda poesia de amor. E este sorriso lindo que jamais se apagará de mim .
Meu amor não tenho muito para dizer apenas que, a sua felicidade seja feita há sua maneira e que seja sempre feliz, deixo os meus beijinhos de luz e muita paz e dizer ainda que amigos são como as ondas do mar vão uns vem outros, mas os fiéis sempre vão ficando...

**♥✿Franciete-✿♥** disse...

Minha querida voltei para pedir desculpas pois fiz o meu comentário em nome do meu filho me desculpa docinho...

Everson Russo disse...

Os desencontros fazem parte do percurso da vida, mas quem sabe um dia,,,sendo forte esse amor...essa espera seja recompensada...beijos de bom dia pra ti amiga.

♫*Isa Mar disse...

Bom dia Val, e essa inspiração poética é na verdade a situação de tantos pelo mundo á fora.
Ficou muito lindo esse poema, um toque de nostalgia permeado pelo amor e entendimento, sublime!
Beijos com carinho!

Felisberto Junior disse...

Olá!Bom dia!
Tudo bem?
lindos versos
...mais importante do que pensar e repensar as causas do medo é a atitude saudável, viver cada momento em plenitude, sem memória do temor do passado e nem preocupação com o futuro...
Boa terça feira!
Beijos com carinho

Lourdinha Vilela disse...

Este amor não se solidificou, mas ficou entre o céu e a terra, na possibilidade mágica da poesia.
Adorei . Um Poema sensível e lindo.bjs.

Sonhadora disse...

Minha querida

Que bela inspiração, como sempre é um prazer imenso ler-te.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Toninhobira disse...

Fiel retrato amiga,assim é a poesia, vem inspiração e texto pronto.Bela construção amiga.
Meu abraço de paz e luz.
Beijo.

Severa Cabral(escritora) disse...

Nossa!
Grande inspiração minha querida ...
lindo esse poema do qual nos inspira idas e voltas ao mesmo tempo...
bjs minha flor !

Kellen Bittencourt disse...

Oiii Valéria, que bom estar por aki novamente, o texto retrata, os amores não vividos porém sonhados que todos nós possuímos, ficam lá ' atras esquecidos ou "guardados" em algum lugar do passado! muito lindo!

Que dia iremos tomar um café, estamos na mesma cidade, precisamos marcar! Bjoooosss

Multiolhares disse...

quem já não sentiu um pouco do teu poema feito vivencia, os medos quantas vezes não deixam a vida tomar outros rumos
beijinhos

Anne Lieri disse...

Valeria, e ficou lindo,lindo!Poesia de amor perdido,comovente e inspirado!bjs,

ELAINE disse...

Val querida! Passando pra ver como estás...Te ler mais um pouquinho, agradecer o carinho e desejar uma sexta-feira abençoada!
Um final de semana iluminado!
Abraço fraterno e carinhoso!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

Ives disse...

A esperança é um ótimo refugio enquanto o coração não se despede de um amor! Amei sua poesia Srta, sempre divinas, abraços

Everson Russo disse...

Um excelente final de semana pra ti minha amiga, repleto de poesias,,,flores e muito carinho...beijos e beijos.

MARILENE disse...

Você fez dele poema, com tanta sensibilidade, como se tivesse nascido do seu coração. Bjs.

BRISA disse...

Olá Valéria
Passando para apreciar o seu blog e sua poesia que é linda.As vezes acontece e com tantos amores que só ficaram na saudade.Amei o teu cantinho viu.Um abraço fraterno.PS JA ESTOU SEGUINDO VC. se vc me seguir ficarei super feliz. Ana Brisa

✿ chica disse...

Hoje,, no dia certo, venho te desejar FELICIDADES pelo niver!!! Parabéns!! beijos,chica

" ESSÊNCIA ESTELAR MAYA " disse...

Valéria

Muito emocionante este sentimento que transborda por amores que não aconteceram.
Te confesso que desde adolescente sempre fui em busca do amor, e posso ter sofrido.....mas não por nunca tentar!
Já fui muito ousada e quebrei a cara, mas no quesito Amor sempre estive aberta e me entreguei.
Acho que é por isto que hoje estou com a pessoa certa.....unidos pelos laços do Amor em perfeita sintonia e afinidade de energia!

Amada, quero lhe dar os PARABÉNS!!!
Que sua vida seja sempre abençoada minha irmã.....com muita Saúde, Paz, Prosperidade e muito AMOR!!!
Como comentei no espaço da Liz,
aprendi muito com você, suas mensagens sempre me levaram a profundos questionamentos internos, fazendo com que eu revesse minhas atitudes e posturas diante da vida.
Sou muito grata á ti, que com todo seu carinho me conduziu ao autoconhecimento....me fazendo enxergar a Luz que existe em mim.....me tornando uma pessoa mais confiante.
És meu anjo da guarda que está presente no meu dia a dia!

PARABÉNS!!!!
É o que desejo com todo meu coração!!!!

Um imenso beijo em sua Alma!!!

Nel Santos disse...

Ah!... E como vivemos de esperas!...

Lindo Val!!! Saudades.

Beijos,

Nel

Santa Cruz disse...

Valéria: Lindo mas nós sempre vivemos de esperanças ou esperanças que um dia acontece aquilo que mais desejamos.
Beijos
Santa Cruz

JUREMA disse...

Como me projetei neste poema e vivi uma experiencia passada ,agora traduzida para um presente bem diferente.
Mas...mas....a vida segue não é mesmo amiga Val e temos que seguir em frente.
Obrigado pela visita gostosa que fez no meu portal.
bjs... leves como teu algodão.....

Antonio Pereira Apon disse...

Olá Valéria.

Um belo escrito. Não acreditar no sonho, pode significar o aborto dos encontros, o agendar desencontos, sufocando a poesia da vida.

Um abração.

Elisa T. Campos disse...

Valéria

Apesar das intempéries do amor sempre resta a esperança.
Mais um lindo poema.

Bjs.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails